Mercado de gás natural brasileiro foi discutido em Brasília

Por O Petróleo – Foi discutido em Brasília o mercado de gás natural brasileiro. A Associação Brasileira da Indústria Química organizou um café da manhã com o objetivo de discutir sobre o “Novo Mercado de Gás Natural” que está sendo promovido pela Frente Parlamentar da Química.

Confira também no blog da SQ Química: Fabricantes de tintas diversificam para crescer em ambiente desafiador

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre Da Costa, que também exerce a função de Representante do Poder Executivo da Comissão Executiva da Frente Parlamentar da Química, marcou presença no evento. O café da manhã começou às 8 horas e aconteceu na Sala Vip do Senac 10º andar do Anexo IV da Câmara dos Deputados).

Estiveram também presentes o presidente da FPQuímica, deputado Alex Manente, e da Abiquim:Marcos de Marchi(presidente do conselho diretor e presidente da Elekeiroz), Daniela Manique (conselheira e presidente do grupo Solvay Rhodia), Daniel Hubner(conselheiro e diretor comercial da Yara Fertilizantes), Marina Mattar (diretora de relações institucionais, comunicação e sustentabilidade e coordenadora executiva da FPQuímica) e Fatima Ferreira (diretora de economia e estatística).

No debate foi discutido sobre a promoção da concorrência; integração do setor elétrico e industrial; harmonização e aperfeiçoamento da regulação estadual e eliminação de barreiras tributárias.

O “Novo Mercado de Gás Natural” é um programa que está sendo desenvolvido pelos ministérios da Economia e de Minas e Energia com o objetivo de formar um mercado de gás natural aberto, dinâmico e competitivo.

Fonte original do texto: O Petróleohttps://www.opetroleo.com.br/mercado-de-gas-natural-brasileiro-foi-discutido-em-brasilia/

Confira também no blog da SQ Química: SQ Química no “Oscar” do setor de tintas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *