Porto de Itajaí registra melhor início de segundo semestre dos últimos sete anos

Governo federal vai manter gestão pública no Porto de Itajaí

Texto por Portos e Navios – O mês de julho foi marcado pelo melhor início de segundo semestre do Porto de Itajaí desde 2012. O dado positivo foi alcançado com a movimentação de 419.295 toneladas nos quatro berços existentes. O número representa um aumento de 3% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Confira também no blog da SQ Química: Frente Parlamentar da Química debate a “Inserção Internacional da Economia Brasileira” no Congresso Nacional

O histórico de julho comprova o crescimento: 357.371 toneladas, em 2012; 385.752 toneladas, em 2013; 349.610 toneladas, em 2014; 333.080 toneladas, em 2015; 173.819 toneladas, em 2016; 134.619 toneladas, em 2017; e 407.164 toneladas, em 2018.

Entre os produtos exportados no Complexo Portuário de Itajaí, os que registraram maiores altas foram mecânicos e eletrônicos (+64,8%), papel e derivados (+52,2%), maçãs (+51,2%), plásticos e borrachas (+39,8%), cerâmicas e vidros (+37,1%), carnes (+34,7%) e têxteis e diversos (+19,1%).

No que diz respeito às importações, os produtos de destaque foram madeiras e derivados (+41,1%), cerâmica e vidros (+36,9%), papel e derivados (+31,3%), pescados (+27,3%), alimentos em geral (+14,4%), mecânicos e eletrônicos (+9%) e plástico e borrachas (+8,2%).

Em termos de receita cambial, a participação do Complexo Portuário de Itajaí no último mês de julho na corrente de comércio de Santa Catarina foi de 61,6%, enquanto no Brasil representou 3,5%.

Fonte original do texto: Portos e Navios

Confira também no blog da SQ Química: CETESB reativa Câmara Ambiental da Indústria Química e Petroquímica para debater ações de qualidade ambiental