ABIQUIM emite nota sobre as metas do Governo Bolsonaro

Texto por ABIQUIM A Abiquim considera louvável a iniciativa do Governo Federal de se comprometer publicamente com metas concretas a serem alcançadas nos seus primeiros 100 dias de gestão.

Confira também no blog da SQ Química: Brasil bate recorde de exportação de Petróleo em 2018

No que se refere a temas relacionados ao setor químico brasileiro, os tópicos incluídos estão em consonância com os pleitos defendidos pela Abiquim no estudo “Um Outro Futuro É Possível”, elaborado em parceria com a consultoria Deloitte e apresentado aos candidatos à Presidência da República em 2018. Citamos como exemplos a redução dos custos da matéria-prima para a retomada da competitividade da indústria química e a ampliação da malha ferroviária, que ajudará na melhoria dos gargalos logísticos do País.

No tocante à inserção internacional da economia brasileira, a Abiquim sempre foi e continuará sendo favorável a uma abertura comercial responsável, pois ela deve ocorrer concomitante a medidas de redução do Custo-Brasil. Um exemplo muito concreto de abertura comercial com responsabilidade foi o trabalho entre Abiquim e entidades do setor químico de países que compõem o Mercosul na redução de tarifas de produtos importados, aprovada pelos governos envolvidos.

A Abiquim ressalta que, enquanto as medidas de redução do Custo-Brasil não forem tomadas, o Reintegra permanecerá absolutamente essencial para garantir a competitividade dos produtos químicos brasileiros perante o mercado internacional.

Também não podemos deixar de destacar metas como a proposta do Centro de Dessalinização da Água, que ajudará a garantir segurança hídrica para o Brasil e trará desenvolvimento a regiões semiáridas. Nesse sentido, a indústria química brasileira dispõe de tecnologia moderna para ajudar no alcance desse objetivo.

Por fim, a meta de Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar é uma iniciativa admirável e completamente em linha com o posicionamento da indústria química brasileira, que lançou no fim de 2018 um compromisso voluntário pela economia circular do plástico.

Esperamos que temas imprescindíveis não citados no documento, como as reformas da Previdência e Tributária e as medidas para redução dos juros, sejam igualmente parte das ações do governo.

Fonte original do texto – ABQUIMhttps://abiquim.org.br/comunicacao/noticia/7684

Confira também no blog da SQ Química: Déficit em produtos químicos avança 22,6% em 2018 e totaliza US$ 29,6 bilhões

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *